Página Principal >
 
  
Use o botão verde do seu comando MEO e marque o número 493222 para ver os vídeos da TV Municipal no seu televisor
Clique para consultar a Matriz Energética de S. João da Madeira
Clique para aceder a informações sobre projetos financiados pela UE
 
Ferramenta de georreferenciação do Licenciamento Zero
Clique aqui se pretender aceder ao novo balcão eletrónico da CCDR-N
Clique aqui se pretender aceder ao site da Direção-Geral do Território
Educação e Acção Social Ambiente Desporto Cultura Capital do Calçado

  Subscreva!
Registe-se e receba as novidades da Câmara Municipal de S. João da Madeira na sua caixa de correio!

 
Bem-vindo a S. João da Madeira online!

Primeiras assembleias do Orçamento Participativo Municipal

2014-07-04
Clique para ampliar
EB1 Fontaínhas e EB1 Fundo de Vila acolheram as primeiras duas sessões do OPM:

As EB1 das Fontainhas e de Fundo de Vila acolheram as duas primeiras Assembleias Participativas do Orçamento Participativo Municipal (OPM), na qual a adesão dos Sanjoanenses foi evidente. O Presidente da Câmara, Ricardo Oliveira Figueiredo, apela à intervenção dos cidadãos e lembra que no OPM “a imaginação é o limite”, desde que seja respeitada a verba máxima definida de 100 mil euros.

Ricardo Oliveira Figueiredo, Presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, deu início às duas primeiras Assembleias Participativas do OPM, dando as boas-vindas aos muitos Sanjoanenses presentes, cujo envolvimento no projeto considera essencial para que este seja implementado com sucesso.

Nas suas intervenções, Ricardo Figueiredo esclareceu que a Carta de Princípios do OPM foi decidida por unanimidade, contando com o apoio e o envolvimento de todas as forças políticas. Através desta iniciativa, o autarca acredita que será possível criar uma maior aproximação dos cidadãos à vida pública, o que, por sua vez, permite que os políticos vejam o seu papel de representação do povo reforçado.

O Presidente da Câmara relembra que os projetos não podem ultrapassar os 100 mil euros, um orçamento que, ainda assim, diz ser um motivo de orgulho para a Câmara Municipal de S. João da Madeira, tendo em conta que o OPM está a ser aplicado pela primeira vez no município. O valor, considerado pelo presidente bastante significativo, está ao dispor da comunidade sanjoanense, que poderá decidir onde investi-lo, através de projetos e ideias para os quais, nas palavras de Ricardo Figueiredo, “a imaginação é o limite”.

Após uma apresentação do regulamento do OPM por parte de Rui Costa, Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara, os cidadãos presentes em cada uma das Assembleias Participativas tiveram oportunidade para apresentar propostas e debatê-las, bem como para esclarecer eventuais dúvidas acerca das regras do projeto.

Na sessão que teve lugar na Escola das Fontainhas, um dos munícipes presentes falou, por exemplo, da possibilidade de organização de uma feira que mostre as potencialidades económicas de S. João da Madeira. Já em Fundo de Vila, uma das sugestões apontadas pela audiência foi o melhoramento da acessibilidade da cidade.

As próximas Assembleias Participativas do OPM de S. João da Madeira estão marcadas para os dias 16 e 17 de julho, respetivamente no Jardim de Infância das Travessas e na EB1 do Parrinho.

Adicionar comentário



 
 
 Agenda cultural AMP
Agenda cultural metropolitana
 
 Destaques


Protecção Civil»

Participação/Discussão Pública»

Recursos Humanos

Em defesa do Hospital»

Ementas - Serviço de Refeições Escolares»
 

 
Separador horizontal
Clique aqui para aceder a informações sobre o Banco Local de Voluntariado
Projecto «Cuidar de Quem Cuida»
Revista sonora «Visão Inclusiva»
Recolha seletiva de óleo alimentar
Contactos | Últimas atualizações | Declaração de privacidade | Ficha técnica | Acessibilidade
Telefones úteis | Farmácias | Protecção Civil | Sugestões/reclamações | Perguntas frequentes

Todos os direitos reservados / 2005-2015 © Câmara Municipal de S. João da Madeira