Página Principal >
 
  
Use o botão verde do seu comando MEO e marque o número 493222 para ver os vídeos da TV Municipal no seu televisor
Clique para consultar a Matriz Energética de S. João da Madeira
Clique para aceder a informações sobre projetos financiados pela UE
 
Ferramenta de georreferenciação do Licenciamento Zero
Clique aqui se pretender aceder ao novo balcão eletrónico da CCDR-N
Clique aqui se pretender aceder ao site da Direção-Geral do Território
Educação e Acção Social Ambiente Desporto Cultura Capital do Calçado

  Subscreva!
Registe-se e receba as novidades da Câmara Municipal de S. João da Madeira na sua caixa de correio!

 
Bem-vindo a S. João da Madeira online!

Castelos, palácios, máquinas e engenhos “projetados” na Arte Bruta (C/ VÍDEO)

2017-04-26
Exposição “As Leis do Número de Ouro” está patente na Oliva Creative Factory e tem por base a coleção Treger/Saint Silvestre.
 

Da extraordinária e diversificada coleção “Treger/Saint Silvestre”, a curadora italiana Antonia Gaeta recolhe mais um surpreendente conjunto de obras para apresentar ao público no Núcleo de Arte da Oliva Creative Factory, em S. João da Madeira.
 
Sob o título “As Leis do Número de Ouro”, esta nova exposição foi inaugurada a 29 de abril, numa sessão com a presença da curadora e dos colecionadores Richard Treger e António Saint Silvestre.
 
São obras de Arte Bruta, ou seja, criações de artistas que não se consideram como tal, livres de influências, de preocupações comerciais e de notoriedade individual. Muitos deles são mesmo excluídos da sociedade.
 
As obras escolhidas relevam “o aspeto dos excêntricos, dos construtores e dos visionários na tentativa de revelar, através de um paralelismo com as propriedades quase mágicas do número de ouro, artistas cuja obra procurasse a perfeição das mais sublimes realizações arquitetónicas”, revela a curadora Antonia Gaeta.
 
Nesta exposição de Arte Bruta, “castelos, palácios e cabanas saem da mente fértil dos inocentes; planos, máquinas, engenhos, dão voltas incessantes acionadas pelo espírito criativo de seres vivendo à margem do mundo”, como refere o colecionador e artista “outsider” António Saint Silvestre.
 
O colecionador deixa alguns exemplos destes “arquitetos” visionários que criaram as obras que vão estar expostas do Núcleo de Arte da Oliva: “Na Alemanha, Karl Hans Janke, internado num hospital psiquiátrico, desenhou quatro mil planos técnicos, ou Martin Erhard, um mineiro que desenhou plantas para casas subterrâneas e móveis, e ainda o sérvio Tanasic, um arquiteto que enlouqueceu e pregava os seus desenhos nas árvores de jardins públicos”.
 
A Coleção Treger/Saint Silvestre, que o Núcleo de Arte da Oliva acolhe, é constituída por núcleos de arte bruta, artes marginais e arte contemporânea e ainda núcleos de vocação etnográfica, como a coleção de crucifixos contemporâneos e de Arte Vudu do Haiti. É única na Península Ibérica e é uma das mais relevantes a nível internacional.

Adicionar comentário



 
 
 Agenda cultural AMP
Agenda cultural metropolitana
 
 Destaques


Protecção Civil»

Participação/Discussão Pública»

Recursos Humanos

Em defesa do Hospital»

Ementas - Serviço de Refeições Escolares»
 

 
Separador horizontal
Clique aqui para aceder a informações sobre o Banco Local de Voluntariado
Projecto «Cuidar de Quem Cuida»
Revista sonora «Visão Inclusiva»
Recolha seletiva de óleo alimentar
Contactos | Últimas atualizações | Declaração de privacidade | Ficha técnica | Acessibilidade
Telefones úteis | Farmácias | Protecção Civil | Sugestões/reclamações | Perguntas frequentes

Todos os direitos reservados / 2005-2015 © Câmara Municipal de S. João da Madeira