Página Principal >
 
  
Use o botão verde do seu comando MEO e marque o número 493222 para ver os vídeos da TV Municipal no seu televisor
Clique para consultar a Matriz Energética de S. João da Madeira
Clique para aceder a informações sobre projetos financiados pela UE
 
Ferramenta de georreferenciação do Licenciamento Zero
Clique aqui se pretender aceder ao novo balcão eletrónico da CCDR-N
Clique aqui se pretender aceder ao site da Direção-Geral do Território
Educação e Acção Social Ambiente Desporto Cultura Capital do Calçado

  Subscreva!
Registe-se e receba as novidades da Câmara Municipal de S. João da Madeira na sua caixa de correio!

 
Bem-vindo a S. João da Madeira online!

Arquitecto Gomes Fernandes apresenta romance na Biblioteca Municipal

Esta sexta-feira, às 21h30

2006-06-07
Com o título “A Barqueira”, é apresentado em S. João da Madeira, esta sexta-feira, o mais recente livro de Gomes Fernandes, arquitecto natural desta região que, nos anos 70, foi urbanista na autarquia sanjoanense e secretário de Estado da Habitação. A sessão está marcada para as 21h30, na Biblioteca Municipal, onde se encontrará o autor do romance, cuja escrita – neste caso sobre temas ligados ao urbanismo – pode ser apreciada regularmente no Jornal de Notícias, no qual é cronista.
“A Barqueira” começa em finais do Verão de 1981, com a manifestação em Viana do Castelo contra a construção de uma “Central a Carvão”. Um episódio em que se destacou um grupo de jovens de S. Paio de Antas, “unidos pelos ideais da Ecologia e da defesa do Ambiente e apostados em aprofundar a consciência cívica das gentes do seu meio”.

Depois, a narrativa recua no tempo, detendo-se em meados do século XIX. Aí, como se lê no texto introdutório (“Pórtico de entrada”), o romance “retoma e ficciona factos e personagens de um meio rural conservador”. É nessas páginas que se conhece “uma barqueira que se aventura no amor com um falso ‘monge’ e assume, no segredo, as consequências de tão saborosa profanidade”.


Paixão, amor e amizade

Saltando até Lisboa e ao Porto, indo a Nova Iorque e às Furnas, nos Açores, o livro faz o seu caminho por “espaços de beleza”, numa trama feita “da paixão, do amor e da amizade”, desenleando “um novelo de sonhos que fazem apelo ao imaginário do prazer e da alegria inerentes a todo o desejo de felicidade e futuro”.

Tendo na capa uma ilustração do artista plástico José Emídio, “A Barqueira” – 18 capítulos divididos por 211 páginas – surge publicada pelas Edições Caixotim, inserindo-se na colecção de ficção portuguesa intitulada “Letras do Caixotim”, da qual faz parte uma outra obra de Gomes Fernandes: “A Ruína”.

Adicionar comentário



 
 
 Agenda cultural AMP
Agenda cultural metropolitana
 
 Destaques


Protecção Civil»

Participação/Discussão Pública»

Recursos Humanos

Em defesa do Hospital»

Ementas - Serviço de Refeições Escolares»
 

 
Separador horizontal
Clique aqui para aceder a informações sobre o Banco Local de Voluntariado
Projecto «Cuidar de Quem Cuida»
Revista sonora «Visão Inclusiva»
Recolha seletiva de óleo alimentar
Contactos | Últimas atualizações | Declaração de privacidade | Ficha técnica | Acessibilidade
Telefones úteis | Farmácias | Protecção Civil | Sugestões/reclamações | Perguntas frequentes

Todos os direitos reservados / 2005-2015 © Câmara Municipal de S. João da Madeira