Página Principal >
 
  
Use o botão verde do seu comando MEO e marque o número 493222 para ver os vídeos da TV Municipal no seu televisor
Clique para consultar a Matriz Energética de S. João da Madeira
Clique para aceder a informações sobre projetos financiados pela UE
 
Ferramenta de georreferenciação do Licenciamento Zero
Clique aqui se pretender aceder ao novo balcão eletrónico da CCDR-N
Clique aqui se pretender aceder ao site da Direção-Geral do Território
Educação e Acção Social Ambiente Desporto Cultura Capital do Calçado

  Subscreva!
Registe-se e receba as novidades da Câmara Municipal de S. João da Madeira na sua caixa de correio!

 
Bem-vindo a S. João da Madeira online!

Inaugurado Centro de Formação D. Dinis

2007-02-13
Foi oficialmente inaugurado a 12 de Fevereiro o Centro de Formação D. Dinis, que transporta para o antigo posto de saúde de S. João da Madeira - entretanto sujeito a uma remodelação que envolveu mais de 500 mil euros - a experiência pedagógica que o externato com o mesmo nome vinha acumulando desde a sua criação, em 1974.
A escola é propriedade da DECEL – Desenvolvimento de Estabelecimentos de Ensino, Lda., e constitui aquilo que António Leite, gerente da empresa, considera um exemplo do que a iniciativa privada consegue quando trabalha em “colaboração com a autarquia”, no sentido de “colmatar uma carência” em termos de oferta educativa profissionalizante.

O corpo de 22 docentes da escola reparte-se, por isso, pelo ensino secundário recorrente, frequentado por 60 alunos, e por dois dos chamados Cursos de Educação e Formação, com equivalência ao 8.º e 9.º ano de escolaridade: um destina-se a formar Operadores de Ciências Informáticas e outro é vocacionado para Empregados de Bar.

Castro Almeida, presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, também destacou a componente empresarial do projecto que, além de ser adequado à estratégia educativa do concelho, representa ainda um “regresso às origens” em termos patrimoniais, já que o edifício que agora acolhe o Centro de Formação D. Dinis “começou por ser uma escola industrial, depois recebeu os serviços municipalizados de água e saneamento, a seguir foi um centro de saúde e agora passa a ser uma escola profissional”.

O autarca lembrou depois que a região Norte está abaixo da média nacional a nível da qualificação dos seus recursos humanos e, para explicar a necessidade de “reforçar a oferta de formação profissional no país inteiro”, deu o exemplo da situação em S. João da Madeira: “Uma em cada quatro pessoas larga a escola sem ter concluído com êxito o ensino obrigatório, que é o 9.º ano; dois em cada quatro largam-na sem concluírem o ensino secundário. Isto quer dizer que todos os anos estamos a tirar do sistema educativo milhares de estudantes que não têm qualificação profissional, que não sabem fazer nada e que são lançados no mercado de trabalho sem ferramentas para garantir o seu sustento”.

Para Castro Almeida, o Governo não pode ser desresponsabilizado das suas obrigações no âmbito da Educação, mas “a sociedade só tem a ganhar se, paralelamente à oferta do Estado, houver uma oferta de iniciativa privada, o que não é incompatível com o interesse publico”.


Fonte: EDV Informação

Adicionar comentário



 
 
 Agenda cultural AMP
Agenda cultural metropolitana
 
 Destaques


Protecção Civil»

Participação/Discussão Pública»

Recursos Humanos

Em defesa do Hospital»

Ementas - Serviço de Refeições Escolares»
 

 
Separador horizontal
Clique aqui para aceder a informações sobre o Banco Local de Voluntariado
Projecto «Cuidar de Quem Cuida»
Revista sonora «Visão Inclusiva»
Recolha seletiva de óleo alimentar
Contactos | Últimas atualizações | Declaração de privacidade | Ficha técnica | Acessibilidade
Telefones úteis | Farmácias | Protecção Civil | Sugestões/reclamações | Perguntas frequentes

Todos os direitos reservados / 2005-2015 © Câmara Municipal de S. João da Madeira