Página Principal >
 
  
Use o botão verde do seu comando MEO e marque o número 493222 para ver os vídeos da TV Municipal no seu televisor
Clique para consultar a Matriz Energética de S. João da Madeira
Clique para aceder a informações sobre projetos financiados pela UE
 
Ferramenta de georreferenciação do Licenciamento Zero
Clique aqui se pretender aceder ao novo balcão eletrónico da CCDR-N
Clique aqui se pretender aceder ao site da Direção-Geral do Território
Educação e Acção Social Ambiente Desporto Cultura Capital do Calçado

  Subscreva!
Registe-se e receba as novidades da Câmara Municipal de S. João da Madeira na sua caixa de correio!

 
Bem-vindo a S. João da Madeira online!

Coro de Câmara de S. João da Madeira

participa em concerto no Europarque

2007-10-16
O Projecto “João Domingos Bomtempo” subirá ao palco do Europarque, em Santa Maria da Feira, no dia 26 de Outubro (sexta-feira), pelas 21h45m. Esta apresentação artística é desenvolvida conjuntamente pelo Orfeão de Vale de Cambra, ESPROARTE - Escola Profissional de Arte de Mirandela, Coro de Câmara de S. João da Madeira e Associação Académica da Universidade de Aveiro.

Ao palco subirão os solistas Ângela Alves (Soprano), Margarida Reis (Alto), Fernando Guimarães (Tenor) e Rui Silva (Baixo) sob a direcção artística do Maestro Artur Pinho.
O espectáculo no Europarque será uma oportunidade única para assistir ao Requiem Op.23 de João Domingos Bomtempo, compositor português que atravessou grande parte da primeira metade do século XIX e de assistir ao vivo às actuações de grandes grupos de músicos portugueses!

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais e ainda no Posto de Turismo e Biblioteca Municipal de Vale de Cambra.
O Requiem Op.23 de João Domingos Bomtempo voltará ainda a marcar presença nos Festivais de Outono, em Águeda (Cine-Teatro S. Pedro), no dia 9 de Novembro, pelas 21h30m com as vozes: Soprano Alexandra Moura; Alto Margarida Rei; Tenor Fernando Guimãres; Baixo Nuno Dias o Maestro Pedro Neves.


Requiem, Op. 23 - João Domingos Bomtempo

Considerada a obra-prima de um dos mais proeminentes compositores oitocentistas, o Requiem à Memória de Luís de Camões, foi iniciado, provavelmente, em Lisboa em 1818 e terminado em Paris em 1819. Executado pela primeira vez em Portugal, na Igreja de S. Domingos, Lisboa, em 18 de Outubro de 1819, no quadro das celebrações do triunfo do Liberalismo decorrido da revolução de 1820.
A obra é surpreendente a muitos títulos, sobretudo pela sua profunda originalidade, diferindo claramente dos modelos de Mozart e Cherubini, desvendando novos caminhos que só terão seguimento no final do século XVIII.


Adicionar comentário



 
 
 Agenda cultural AMP
Agenda cultural metropolitana
 
 Destaques


Protecção Civil»

Participação/Discussão Pública»

Recursos Humanos

Em defesa do Hospital»

Ementas - Serviço de Refeições Escolares»
 

 
Separador horizontal
Clique aqui para aceder a informações sobre o Banco Local de Voluntariado
Projecto «Cuidar de Quem Cuida»
Revista sonora «Visão Inclusiva»
Recolha seletiva de óleo alimentar
Contactos | Últimas atualizações | Declaração de privacidade | Ficha técnica | Acessibilidade
Telefones úteis | Farmácias | Protecção Civil | Sugestões/reclamações | Perguntas frequentes

Todos os direitos reservados / 2005-2015 © Câmara Municipal de S. João da Madeira