Exposição «Contra a Abstracção» da Culturgest patente no Centro de Arte Oliva

Inauguração esta sexta-feira, 15 de março, às 19h00, no Centro de Arte Oliva.

Organizada a partir das obras da Coleção da Caixa Geral de Depósitos (CGD), tem curadoria da historiadora de arte e editora de Sandra Vieira Jürgens e estará patente ao público no Centro de Arte Oliva.

A exposição, que reune cerca de 50 obras, poderá ser visitada no Centro de Arte Oliva, de terça a domingo, das 10h30 às 18h00 (encerra às segundas) , até ao próximo dia 2 de junho.

Procurando representar a realidade plural das expressões artísticas do Modernismo, a exposição Contra a Abstracção sublinha o testemunho das expressões e geografias ‘ausentes’ da história e o interesse pelas manifestações identitárias da cultura popular, bem como as características lúdicas, funcionais, coletivas e comunitárias da arte.

A Coleção da CGD, que está na base da exposição «Contra a Abstracção», é constituída por cerca de 1800 obras de arte, incluindo pintura, escultura, desenho, fotografia, vídeo, instalação e gravura, cuja gestão, divulgação e conservação é da responsabilidade da Culturgest - Fundação CGD.

cultura