Visita guiada por Sandra Vieira Jürgens à exposição Contra a Abstracção

Este sábado, 1 de junho, às 16h00, no Centro de Arte Oliva, uma visita a obras que pertencem à Coleção da Caixa Geral de Depósitos, estruturada em torno de um dos principais conceitos da História da Arte: o abstrato.

Patente ao público em S. João da Madeira até 2 de junho, “Contra a Abstração” é uma exposição itinerante que se estreou no norte do país, com esta instalação Centrode Arte Oliva. A curadoria é de Sandra Vieira Jürgens, que assumiu o desafio de dar “uma nova interpretação à abstracção”.

Focada nos seus múltiplos modelos (por vezes contraditórios), apresenta referências fundamentais do abstracionismo geométrico, de raiz europeia, mas também trabalhos de artistas que estimularam a fusão de estéticas e de culturas, demonstrando que a abstração foi sempre um espaço de partilha entre diferentes culturas e em diversos contextos e períodos.

Contra a Abstracção procura representar a realidade das expressões artísticas do Modernismo, sublinhando o interesse pelas manifestações identitárias da cultura popular, bem como as características lúdicas, funcionais, coletivas e comunitárias da arte.

Acesso 2€ - mediante aquisição de bilhete de entrada nas exposições.

Vista de exposição © Maria Manuel

cultura