Histórias de Violência

Um diálogo entre Obras da Coleção Treger|Saint Silvestre

Histórias de Violência: Um diálogo entre obras da Coleção Treger/ Saint Silvestre aborda a questão da destruição para que tendem os humanos, lançando interrogações sobre esta tendência, as suas origens e as suas relações com a arte. Entre os mais de 50 artistas representados estão os grandes clássicos de arte bruta como Henry Darger e Friedrich Schröder-Sonnenstern e nomes da arte contemporânea como Robert Combas ou Gonçalo Mabunda.
A exposição apresenta pinturas, esculturas, desenhos da coleção Treger/Saint Silvestre em diálogo com obras de outras coleções.
O autor do projeto de exposição é Gustavo Giacosa que, a par da sua atividade de ator e encenador de teatro, tem desempenhado um papel fundamental na interpretação das artes visuais marginais, dos seus cruzamentos com a arte contemporânea e as artes performativas. Em novembro de 2017 foi o comissário da terceira bienal de Arte Bruta de Lausanne, onde apresentou a exposição “Corps”.

Curador Gustavo Giacosa

De 14 de Abril a 14 de Outubro 2018

Imagem:Henry Darger, The Glandelinians caught in the act by the ferocious Lagorian girl scouts.Fotografia © André Rocha

Núcleo de Arte da Oliva
Oliva Creative Factory
Núcleo de Arte da Oliva
Oliva Creative Factory
Rua da Fundição, 240 | 3700-119 S. João da Madeira | Portugal
GPS N 40º 54’ 22”  W 8º 29’ 52”
Telefone: 256 004 190 | nucleoarteoliva@cm-sjm.pt
Horário: 3a feira a domingo 10h30 -18h00

cultura