Praça cheia com evento do Gin dedicado aos anos 80

Dois dias inesquecíveis de festa e convívio de diferentes gerações, com as "Gin and Street Food Sessions", que decorreram na Praça Luís Ribeiro, em S. João da Madeira.

Milhares de pessoas de diferentes gerações - pais, filhos e avós - afluíram à Praça Luís Ribeiro para uma grande festa de final de verão: as "Gin and Street Food Sessions", este ano numa edição especial dedicada aos anos 80, com o recinto a assumir a forma de uma pista de dança gigante ao ar livre, onde não faltaram referências a essa espetacular década  do século XX.

Assim, nas noites desta sexta-feira e de sábado, S. João da Madeira mergulhou no verdadeiro espírito dos "eighties", com decoração e banda sonora a preceito, comida de rua e gin consumido com responsabilidade e solidariedade, já que a receita da venda do copo do evento tem como destinatários os bombeiros da cidade.

"Foi assinalável o grande envolvimento da comunidade local, desde as instituições e associações ao comércio local, passando pelos próprios cidadãos a título particular, que se juntaram à Câmara Municipal de S. João da Madeira para proporcionar um programa de grande qualidade, atraindo inúmeros visitantes de várias gerações", afirma o Presidente da Autarquia num balanço do evento.

Jorge Vultos Sequeira destaca a componente social que marca este evento, que permitiu angariar fundos para os Bombeiros de S. João da Madeira: "Esta é uma vertente da maior relevância, pois os nossos bombeiros merecem todo o reconhecimento pela extraordinária missão que desempenham em prol da segurança das populações".

O autarca sublinha que esta foi "uma excelente forma de culminar a animação de verão em S. João da Madeira, que este ano chegou também aos bairros sociais da cidade, com a apresentação de espetáculos gratuitos de qualidade, do teatro à dança, passando pelo humor e por diversos géneros musicais, como o jazz e o fado". 

No caso concreto das "Gin and Street Food Sessions", a tónica das atuações musicais foi a sonoridade dos anos 80, especialmente na noite de sábado, com concertos de diversas bandas da "casa", entre as quais algumas nascidas nessa década inesquecível dos finais do século XX. Essa viagem no tempo começou, muito apropriadamente, com “Back to the  80 ‘s”, seguindo-se os “Free Life”, os “Clave” e a “Companhia da Música”.

Na véspera, a noite ficara já marcada por outros momentos musicais, designadamente pelo concerto do compositor, cantor e produtor João Só, jovem artista que já é dos mais completos do panorama musical português e cujas influências vão dos Beatles aos GNR. com um concerto que tem início às 22h00. Mas houve mais, com as atuações da “Band’Arte” e d’’ “Os Esquilos não gostam de pedras”.

Ambas as noites fecharam, em termos musicais, com DJ Set Tiago Gomez, culminando muitas outras atividades, em que se destacaram sessões de show cooking e muita animação de rua, num cenário a que não faltou a incontornável bola espelhos e onde até os mais pequenos tiveram uma minipista de dança (Disco Box), inserida no espaço infantil do evento.  
 
No que diz respeito a bebida e alimentação, o recinto contou com15 spots de gin (a cargo de cidadãos particulares e associações) e 6 spots de street food, registando-se ainda a adesão de uma dezena de cafés, bares e restaurantes da zona, que se associaram também ao evento.
 

9 de setembro de 2018

geral

 

Mais imagens