110 anos da Linha do Vouga de olhos postos no futuro

Aniversário comemorarado com sessão solene e exposição, numa organização da Associação de Municípios das Terras de Santa Maria.


A Linha do Vouga foi inaugurada no dia 23 de novembro de 1908 pelo Rei D. Manuel II. Na última sexta-feira, completaram-se precisamente 110 anos sobre esse momento histórico, data assinalada com uma sessão solene comemorativa, promovida pela Associação de Municípios das Terras de Santa Maria (AMTSM).

A cerimónia decorreu no Europarque, com presença do Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’ Oliveira Martins, e dos autarcas de S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Oliveira de Azeméis e Espinho - cujos concelhos são servidos por esta ferrovia -, assim como dos seus congéneres de Vale de Cambra e Arouca, que também integram a AMTSM.

Estas comemorações foram pretexto para os municípios da região voltarem a chamar a atenção para a importância de requalificar e revitalizar o troço da Linha Ferroviária do Vouga entre Oliveira de Azeméis e Espinho, com passagem por S. João da Madeira e Santa Maria da Feira.

“A requalificação da Linha do Vouga é um projeto estruturante para o norte do distrito de Aveiro, permitindo mudar radicalmente a mobilidade nos concelhos abrangidos”, sublinha o Presidente da Câmara de S. João da Madeira, Jorge Vultos Sequeira, adiantando que “é também importante na medida em que tem um enorme potencial de redução do volume de tráfego automóvel na Área Metropolitana do Porto".


26 de novembro de 2018

geral