Orçamento Participativo Jovem de Portugal apresentado em S. João da Madeira numa sessão com o Ministro da Educação

Sala cheia na Oliva Creative Factory, onde o governante dinamizou debate com jovens que se destacam em diferentes áreas de atividade

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, veio a S. João da Madeira, nesta quinta-feira, para apresentar ao país a edição de 2019 do Orçamento Participativo Jovem de Portugal, a primeira experiência a nível internacional de um processo participativo para essa faixa etária à escala de um país.

Perante uma sala cheia, na Oliva Creative Factory, o próprio governante moderou um debate com 4 jovens que se destacam pela sua intervenção cívica em diferentes áreas. Um momento descontraído que permitiu perceber a experiência pessoal de cada um, no associativismo, no desporto adaptado, na divulgação científica online, na política local.

Aproximar os cidadãos das causas públicas

A sessão abriu com a atuação de alunos do Conservatório de Dança do Norte, que tem a sua sede na Oliva Creative Factory. Seguiu-se a intervenção de boas-vindas do Presidente da Câmara de S. João da Madeira, Jorge Vultos Sequeira, que recordou o muito público presente de que as instalações escolhidas pelo governo para a realização da sessão se destacam pela sua ligação ao empreendedorismo e à juventude.

Frisando que os orçamentos participativos “aproximam os cidadãos das causas públicas”, o autarca salientou que S. João da Madeira também tem vindo a desenvolver esses processos a nível local, incluindo nos mesmos uma vertente dirigida à juventude, como acontecerá novamente este ano, com início do período de apresentação de propostas já no mês de abril.

Noutro dos momentos da sessão, os vencedores da edição de 2018 do Orçamento Participativo Jovem de Portugal tiveram a oportunidade de falar sucintamente sobre os seus projetos, que abarcam áreas como a inclusão social, a cultura, o desporto e o ambiente.

Os seus exemplos foram dados a conhecer como fatores de motivação para a participação dos jovens na edição deste ano, que foi apresentada, com maior detalhe, pelo Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo.

500 mil euros para projetos de juventude

Com o objetivo de “trazer os jovens aos processos de decisão e de definição das políticas públicas”, o Governo tem 500 mil euros para aplicar nos projetos que forem os mais votados no orçamento Participativo Jovem Portugal 2019, aberto a quem tem entre 14 e 30 anos de idade (para saber mais, consultar o site https://opjovem.gov.pt/).

A sessão encerrou com música, interpretada ao vivo pela banda sanjoanense “Sardinha também é peixe”, mas houve ainda tempo para o Ministro e o Secretário de Estado receberem simbolicamente camisolas alusivas ao torneio Andebolmania, grande evento desportivo jovem que se realiza em S. João da Madeira por altura da Páscoa.

geral