Uma cidade verde dá mais valor ao que tem valor

Câmara de S. João da Madeira lança campanha para valorização dos resíduos

Está nas ruas de S. João da Madeira, desde este 1.º dia de agosto, uma campanha de sensibilização para separação de resíduos, tendo em vista a sua valorização, um processo de economia circular que começa em nossas casas e prossegue com a recolha e envio para reciclagem.

“Uma casa verde dá mais +valor ao que tem valor” é uma das frases fortes desta iniciativa municipal, no âmbito da qual a autarquia está a ultimar um programa de entrega gratuita de 1600 conjuntos de contentores para recolha seletiva de resíduos sólidos, destinados a moradias unifamiliares da cidade, que vão beneficiar de um sistema de recolha porta-a-porta.

Esse processo vai ter início em setembro, altura em que os serviços da SUMA – a empresa responsável pela recolha de resíduos sólidos urbanos e limpeza urbana – vão contactar os moradores das zonas abrangidas na primeira fase deste programa, para fazer a entrega dos contentores e informação sobre este novo serviço.

De acordo com o Presidente da Câmara, Jorge Vultos Sequeira, será dado, assim, “mais um passo muito importante na área do Ambiente em S. João da Madeira, o que trará vantagens ao nível da qualidade de vida e da limpeza urbana, contribuindo também para que tenhamos uma cidade - e um planeta - mais verde”.

Com o apoio do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), esta campanha de sensibilização e o novo serviço são desenvolvidos pelo setor do Ambiente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, em articulação com a SUMA.

 

1 de agosto de 2019  

 

ambiente