Dia do Animal assinalado em S. João da Madeira com garça-vermelha devolvida à natureza

Momento aconteceu esta segunda-feira, no Parque do Rio Ul, com ave que havia sido recolhida pelo SEPNA e foi recuperada no Parque Biológico de Gaia.

Crianças de escolas e jardins-de-infância de S. João da Madeira foram espetadoras atentas da devolução de uma jovem garça-vermelha à natureza, numa ação que assinalou o Dia Mundial do Animal na cidade.

Esta atividade decorreu no Parque do Rio Ul, nesta segunda-feira, 7 de outubro, sendo promovida pelo setor do Ambiente da Câmara Municipal, em articulação com o Parque Biológico de Gaia.

Os alunos presentes ficaram a saber mais sobre essa ave – uma espécie em perigo, pois a sua população tem vindo a diminuir –, assim como sobre a história do espécime em concreto que agora foi libertado e que, por se encontrar bastante debilitado, havia sido recolhido, nesta região, pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR.

Foi então encaminhada para o Parque Biológico de Gaia, onde deu entrada em meados de agosto, aí se tendo mantido em recuperação até estar em condições de voltar à natureza, o que aconteceu nesta segunda-feira, no Parque do Rio Ul, de onde migrará, entretanto, para zonas quentes de África.

O vice-Presidente da Câmara de S. João da Madeira, José Nuno Vieira, responsável pela área do Ambiente na autarquia, e a Vereadora da Educação, Irene Guimarães, participaram nesta atividade, tendo saudado a presença das crianças e o seu papel divulgação da importância de defender a natureza e os animais.

ambiente