Município no Congresso das Cidades Educadores

Com a presença de S. João da Madeira, este evento decorre no Estoril, sob o tema “Cidade Pertença das Pessoas”.


S. João da Madeira foi uma das cidades selecionadas para participar neste congresso internacional através da apresentação do “Programa de Apoio Psicopedagógico e Familiar” que a Divisão de Educação da Câmara Municipal tem em curso nas escolas do concelho. Recorde-se que este programa integra o projeto “Intervir, Convergir e Construir” financiado ao abrigo do Plano Integrado e Inovador de Promoção do Sucesso Escolar do Portugal 2020.

A apresentação de S. João da Madeira, neste congresso, será da responsabilidade da Vereadora da Educação, Irene Guimarães, que partilhará a mesa nesta quinta-feira, dia 15, com representantes dos municípios de Gondomar, Pombal, Valongo e Loulé (Portugal), Sant Boi de Llobregat e Vitoria-Gasteiz (Espanha), Rennés (França) e Bruxelas (Bélgica).

Considerando que Cascais é também em 2018 a Capital Europeia da Juventude, decorre paralelamente o Congresso de Jovens, para o qual foram igualmente selecionadas para participar duas jovens sanjoanenses, Verónica Belchior e Inês Silva. O Congresso de Jovens conta com a participação de 75 jovens, sendo que 37 são de nacionalidade portuguesa e 38 jovens de nacionalidade estrangeira, com idades compreendidas entre os 18 e 24 anos, num evento que visa estimular a população jovem para uma participação mais ativa, consciente e cívica no futuro das Cidades.

A Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), à qual pertence o Município de S. João da Madeira, conta com 488 cidades associadas, em 37 países e foi criada com o propósito de estreitar relações entre os governos locais para a promoção do valor educativo no espaço urbano, fomentando políticas e intervenções públicas transformadoras das cidades em espaços propícios para o desenvolvimento humano, em conformidade com os “Princípios da Carta das Cidades Educadoras”.


14 de novembro de 2018

educação