Feltrando na Oliva Creative Factory: transformar a criatividade inclusiva em negócio

A primeira loja do Feltrando foi inaugurada na Oliva Creative Factory. Aí se passam a comercializar peças de design de mobiliário e acessórios de moda exclusivos, fruto do trabalho de toxicodependentes e alcoólicos em recuperação no Trilho, unidade de apoio da responsabilidae da Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira.

O "Feltrando, created and handmade in Portugal" inaugurou a sua primeira loja na Oliva Creative Factory, em S. João da Madeira, a 6 de Junho de 2014, após quase 3 anos de trabalho com toxicodependentes e alcoólicos em recuperação, criando peças de design de mobiliário e acessórios de moda exclusivos.

Esta inauguração e happening pretendeu envolver a comunidade criativa e geral num evento de feltragem coletiva, apresentando-se como uma metáfora artística do processo de feltragem que procura “transformar o sacrifício do trabalho sujo” (unhas negras) de memórias e gestos que já não são de necessidade, numa celebração performativa.

O Feltrando desenvolve trabalho de investigação e produção a partir dos conceitos de Redesign e de Design Sustentável em que o feltro é o protagonista. Neste sentido, a escultora Filomena Almeida e os artesãos do feltro desenvolvem três linhas de produtos: Design de Acessórios de Moda - Miss Olive; Redesign de mobiliário - FeltReMade; Design de produto - FeltHome.

Da rua para o mercado de trabalho

Partindo dos conceitos Handmade (recuperar e aplicar técnicas de restauro de mobiliário), Ecológico (reutilizar mobiliário e resíduo industrial têxtil) e Original (o feltro como resíduo industrial reutilizável, utilizado no Design dos produtos), o Feltrando quer ir mais além.

Constitui um veículo por excelência para a concretização de um projeto de empreendedorismo social de inclusão no mercado de trabalho, ligado a referências históricas relacionadas com o feltro e que parte da reabilitação do património humano e da recuperação do património material.

Assumiu-se em 2011 inicialmente como um ateliê ocupacional no Trilho (Unidade de Apoio a Toxicodependentes e seropositivos para o VIH/SIDA da Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira), dirigido a toxicodependentes e alcoólicos em processo de recuperação e de reinserção profissional.

Este trabalho já foi reconhecido pelo prémio Oliva Rewind Award (julho/2013), sendo neste âmbito assinado contrato de incubação de espaço comercial na Oliva Creative Factory.

município