Votação no Orçamento Participativo 2019 na recta final

Até ao próximo domingo, é possível votar online, votar por SMS e presencialmente. No sábado, a partir das 21h30, o edifício dos Paços da Cultura estará aberto para uma ação de promoção da votação presencial.

São seis os votos que cada cidadão eleitor de S. João da Madeira dispõe para escolher as melhores propostas para a cidade, referentes ao Orçamento Participativo de 2019.

Até 30 de junho, próximo domingo, os sanjoanenses podem votar recorrendo ao sistema de votação online – disponível em www.opsjm.pt –, podem votar presencialmente, nos locais definidos para o efeito, e, ainda, podem votar por SMS, modelo de participação que necessita de registo online.

As Piscinas Municipais, os edifícios da Câmara Municipal e dos Paços da Cultura, a Biblioteca de Fundo de Vila são os espaços que têm a funcionar, em permanência, um balcão para o voto presencial, dentro do horário habitual desses espaços.

A lista com os projetos em votação pode ser consultada em www.opsjm.pt, onde é possível obter as informações sobre cada uma das propostas, clicando no botão “Projetos” localizado no menu de topo do site.

Este sábado, os Paços da Cultura abrem às 21h30 para convidar a população a votar presencialmente. A organização do OPSJM pretende aproveitar a presença de muitos sanjoanenses naquela zona da cidade, que frequentam os locais de diversão noturna, e assim incentivar à participação.

Seis votos obrigatórios, dois por categoria

Apenas os eleitores de S. João da Madeira podem participar na votação. Os cidadãos, ao exercerem o seu direito de voto, terão obrigatoriamente de escolher duas propostas em cada uma destas categorias: o OP Juventude 15.000€ - tem 4 projetos em votação; o OP Geral 15.000€ - que tem 11 projetos; e o OP Geral 70.000€ - com 16 projetos.

As 31 propostas validadas para votação pelo OPSJM 2019 são de diferentes âmbitos, vão da área social a intervenções no espaço público, passando pelo desporto, eventos e ideias apresentadas, materiais e imateriais.

O Orçamento Participativo é um processo democrático através do qual os cidadãos decidem o destino de uma parte do orçamento do Município e da Freguesia. Destina-se aos cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos, eleitores no concelho.

Nesta edição de 2019, a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira decidiram unir os OPs que desenvolviam separadamente, conseguindo, deste modo, potenciar os recursos financeiros e humanos disponíveis para este processo de participação cívica.

município