’’(Im)possibilidades Fantásticas’’ Costa Magarakis

Museu do Calçado | Aberto de terça-feira a domingo

Costa Magarakis cria esculturas com histórias para contar. Inspiradas na época vitoriana e romances de ficção científica e animadas por elementos do imaginário infantil, as suas peças grotescas ganham imagéticas profundamente surrealistas.

Um dos elementos recorrentes nas suas criações são os sapatos que acredita terem uma “personalidade própria”. Para Costa Magarakis, o sapato é também símbolo de movimento, de viagem, de lugar distante, de descoberta e, a cada nova peça, ele sente-se capaz de viajar pelo mundo sem ter de sair do seu estúdio.

No mundo imaginário de Costa Magarakis. (Im)possibilidades Fantásticas, o sapato perde a sua função por completo transformando-se numa caixa de pandora de onde brotam flamingos-máquinas, barcos piratas, patos emudecidos ou, até, cenários de desgraça.

Depois de Singapura e dos Estados Unidos da América, Costa Magarakis chega agora a Portugal para se apresentar, pela primeira vez, numa exposição a solo no Museu do Calçado.

cultura