Exposição ’’A Verdade Dói’’

Museu do Calçado // 25 de novembro a 19 de fevereiro

No âmbito do projeto "Sapatos que Pensam" do Museu de Calçado e assinalando o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, a exposição-instalação "A Verdade Dói" dá voz a inúmeras mulheres que viram as suas vidas destroçadas por atos de violência.

Esta é a segunda iniciativa do Museu do Calçado, em S. João da Madeira associada à temática da violência sobre a mulher e conta com a parceria da UMAR - União Mulheres Alternativa e Resposta da APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

"Falar é um ato de coragem"

Esta exposição-instalação dá voz a inúmeras mulheres que viram as suas vidas destroçadas por atos de violência. A "Verdade Dói!" é falar e reviver tudo o que aconteceu, mas é também um ato de coragem e um primeiro passo para o processo de cura.

O Museu do Calçado pretende ser um meio transmissor desta mensagem, fazendo uma homenagem às vítimas de violência de género. 

"Calce um par destes sapatos e deixe-se sentir… …e imagine se um dia, este mesmo par não poderá, também, vir a contar a sua história a outra pessoa. Estes não são sapatos de vítimas, mas servem para que todos e cada um percorramos, simbolicamente, o caminho destas mulheres. O seu vermelho é a cor do feminino e do amor, mas também do sangue e da vida que aqui se encontra interrompida e adiada para um futuro incerto."

 

cultura