COMEMORAÇÕES DOS 50 ANOS DO 25 DE ABRIL

Março, abril, maio e junho.

PROGRAMA

 

EXPOSIÇÃO CGTP 50 ANOS DO 25 ABRIL

// Fórum Municipal // 11 de março 

Sinopse: A exposição versará as conquistas do 25 de abril mais ligadas ao mundo do trabalho.

 

FESTIVAL LITERÁRIO POESIA À MESA - OS POETAS DE ABRIL

// locais diversos // 1 a 21 março 2024

 

INSTALAÇÃO DE LONA DE HOMENAGEM A SALGUEIRO MAIA 

Fotografia de Alfredo Cunha, acompanhada pela gravura de Alexandre Farto, Vhils

// Fórum Municipal // 14 março

 

21 MARÇO // DIA MUNDIAL DA POESIA

21:30 // CONCERTO COM PAULO DE CARVALHO: PIANO E VOZ

// Casa da Criatividade 

 

LANÇAMENTO DE LIVRO + CONVERSATRABALHO CAPITAL COM PAULO 

// Centro de Arte Oliva // 23 março // 15h 

Sinopse: Seminário sobre as políticas do trabalho, a história da Oliva, abrangendo as representações artísticas e fotográficas dos operários e trabalhadores de indústria. Os conferencistas são Emília Tavares, João Freire, Jorge Leandro Rosa, Susana Rodrigues e Sandra Vieira Jurgens, autores dos textos da publicação Trabalho Capital # Ensaio Sobre Gestos e Fragmentos que resultou da exposição homónima realizada no Centro de Arte Oliva. Moderação: Paulo Mendes (curador da exposição) e Andreia Magalhães (direção Centro de Arte Oliva).

 

25 DE ABRIL DE 1974, QUINTA FEIRA. FOTOGRAFIAS DE ALFREDO CUNHA

// Galeria do Piso 2 - Centro de Arte Oliva // Inauguração: 20 abril 2024 – 15h30 // patente ao público até 16 junho 2024

Curadoria: Aníbal Lemos

Sinopse: No dia 25 de Abril de 1974 Alfredo Cunha estava em Lisboa e fotografou a revolução nos seus principais cenários, captando imagens que perduram até hoje associadas ao acontecimento que mudou a História de Portugal. Para celebrar os 50 anos de democracia, Alfredo Cunha concebeu, a partir das suas imagens, um livro em três partes: Guerra — com texto de Carlos Matos Gomes, militar de Abril e da guerra colonial; Dia 25 de Abril — com texto de Adelino Gomes, repórter que acompanhou os acontecimentos em Lisboa; Depois de Abril — com texto de Fernando Rosas, historiador e protagonista destes anos quentes. A partir deste livro e imagens organiza-se a exposição realizada no Centro de Arte Oliva.

 

APRESENTAÇÃO DO LIVRO DE ALFREDO CUNHA 25 DE ABRIL DE 1974, QUINTA FEIRA

// Centro de Arte Oliva // 20 abril 2024 – 16h00

Sinopse: Fotografias de Alfredo Cunha, com textos originais de Carlos Matos Gomes, Adelino Gomes e Fernando Rosas, e intervenções de Vhils sobre fotografias de  Alfredo Cunha – para a capa e separadores.(Edição Tinta da China). Com a presença do autor. 

 

24 ABRIL 2024

19:00 // Inauguração da Exposição  Marcha de Abril

Museu do Calçado

Sinopse: No ano em que se celebram os 50 anos do 25 de abril de 1974, o Museu do Calçado junta-se à marcha e apresenta uma exposição inédita que reúne calçado e testemunhos de figuras que marcaram o horizonte revolucionário do Portugal da Liberdade.

 

21:30 // MÚSICA COM ABRIL – ASSOCIAÇÕES E COLETIVIDADES LOCAIS

Paços da Cultura // entrada gratuita

 

25 ABRIL 2024

09:45 // HASTEAR DA BANDEIRA

Rua do Poder Local 

10:00 // SESSÃO COMEMORATIVA DO 50.ª ANIVERSÁRIO DO 25 DE ABRIL DE 1974*

Rua do Poder Local

10:30 // MARCHA POR ABRIL

Saída – Parque Nossa Senhora dos Milagres

Chegada - Praça Luís Ribeiro

10:30 // ATIVIDADES LÚDICAS I ANIMAÇÃO I MÚSICA E DANÇA- ASSOCIAÇÕES E COLETIVIDADES LOCAIS

Praça Luís Ribeiro 

15:00 // CONCERTO COMEMORATIVO DO 25 DE ABRIL COM QUARTETO DE JANITA SALOMÉ

Casa da Criatividade // entrada gratuita

Sinopse: Nome maior da música tradicional portuguesa, Janita foi um companheiro inseparável de Zeca Afonso e Adriano Correia de Oliveira.

Janita Salomé é reconhecido como uma das maiores vozes de Portugal, com uma longa carreira inspirada na tradição musical alentejana e destacando-se como o intérprete que, talvez, cante mais poetas.

Nunca esquecendo as vivências de Abril e os palcos partilhados, no improviso da liberdade recente, Janita mantém a delicadeza e a austeridade de um canto genuíno e sempre livre.

APRESENTAÇÃO DA PEÇA DE TEATRO PRELÚDIO, PELO GRUPO DE TEATRO LOCAL SÉRIÙS

// Fórum Municipal // 3 e 4 maio // 21h30?

Sinopse: 1958, um ano conturbado para o panorama político e social de um Portugal asfixiado pelo regime de Salazar. Humberto Delgado apresenta a sua candidatura à Presidência da República e mobiliza multidões de portugueses a juntarem-se à luta pela liberdade. A sua arma? A Democracia. 
Em São João da Madeira, as divergências sociais e políticas assumem o segundo plano, enquanto um grupo de conterrâneos trabalha afincadamente para garantir eleições justas e livres. 
Numa trama fictícia que se entrelaça pela teia da História nacional e local, os personagens elevam a voz dos milhares de homens e mulheres oprimidos pelo Estado Novo. Sem indício de que a Revolução dos Cravos tardará 16 anos para libertar Portugal das amarras, este grupo de Resistentes ecoa com determinação as palavras do General: "Estou pronto a morrer pela Liberdade!

Entrada Gratuita. Os bilhetes podem ser levantados nas bilheteiras locais, a partir de 8 abril

 

EXPOSIÇÃO COMEMORATIVA DO 25 DE ABRIL PORTUGAL ANO 0

// Galeria do Piso 2 - Centro de Arte Oliva // Inauguração: 28 junho 2024 // patente ao público até 15 setembro 2024

Curadoria: Susana Lourenc?o Marques, Lui?s Nunes e Jose? Lui?s Neves

Sinopse: Portugal Ano Zero reu?ne uma extensa e ine?ditaselecc?a?o de livros de fotografia relacionando-os com material impresso gra?fico e fotogra?fico (jornais, revistas, provas fotogra?ficas, panfletos, postais, cartazes, etc.), com o objectivo de apresentar uma ana?lise histo?rica abrangente da pra?tica editorial ligada ao golpe militar de 1974. A exposição reu?ne publicac?o?es com trabalho de foto?grafosportugueses e estrangeiros, provenientes de diversas colecc?o?es privadas e pu?blicas nacionais e internacionais, como o Centro de Documentac?a?o 25 de Abril, Arquivo Ephemera, Biblioteca Nacional de Portugal, Age?nciaMagnum, Instituto Internacional de Estudos Sociais de Roterda?o, Museu van Boijmans Beuningen e o Acervo Fotogra?fico da Regia?o da Lombardia. Realiza-se em colaborac?a?o com Centro de Documentac?a?o 25 de Abril, Arquivo Ephemera, Biblioteca Nacional de Portugal, Age?ncia Magnum, Instituto Internacional de Estudos Sociais de Roterda?o, Museu van Boijmans Beuningen e o Acervo Fotogra?fico da Regia?o da Lombardia. A exposic?a?o tem o apoio da DGARTES.


Março 2024

 

atividades