Cine S. João: a vida de Elis Regina em filme

Esta quinta-feira, 23 de maio, às 21h15. Entrada gratuita.

"Elis" abre o ciclo de cinema brasileiro promovido pelo município de S. João da Madeira no âmbito do projeto "Cine S. João".

Nome maior da música brasileira de todos os tempos, Elis Regina conquistou o seu país e o mundo com a sua voz poderosa e as suas interpretações emotivas, entre os anos 60 e 80 do século XX. A sua vida está no centro do filme que é exibido nesta quinta-feira, 23 de maio, às 21h15, no auditório dos Paços da Cultura de S. João da Madeira, a que se seguirá uma  breve tertúlia com um convidado especial.

"Elis" é uma produção com origem no outro lado do Atlântico, protagonizada por Andréia Horta e realizada por Hugo Prata. O filme abre o ciclo de cinema brasileiro promovido pela Câmara Municipal de S. João da Madeira, no âmbito do projeto de divulgação da sétima arte "Cine S. João", desenvolvido pela autarquia com curadoria do Cine Clube de Arouca.

Apesar da morte prematura em 1982, aos 36 anos, quando estava no auge da sua carreira, Elis Regina permanece como um ícone da música popular brasileira (MPB), tendo deixado sucessos intemporais e continuando a inspirar gerações de artistas. A cantora teve também um papel importante na luta contra a ditadura militar no Brasil, pelas posições políticas e sociais que assumiu, designadamente através das suas canções.

Depois de "Elis", este ciclo de cinema brasileiro prosseguirá com "Três verões", uma comédia dramática realizada por Sandra Kogut, com exibição marcada para 27 de junho. "O meu nome é Gal" passa a 18 de julho, um título assinado por Dandara Ferreira e Lô Politi, que aborda o início da carreira Gal Costa, falecida em 2022, com 77 anos. O último filme é "Marighella", de Wagner Moura, passa a 31 de outubro, e conta a história de Carlos Marighella, opositor da ditadura no Brasil.

Tudo para ver no Paços da Cultura de S. João da Madeira, com entrada gratuita, mediante disponibilidade do auditório.

maio 2024

atividades