Divisão de Desporto e Juventude

S. João da Madeira vive intensamente o Desporto. É considerado, desde 2017, "Município Amigo do Desporto", a campanha da câmara municipal "Respeite o Seu Filho" foi galardoada com o prémio "Medida Desportiva do Ano 2019" e o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) atribuiu ao nosso Concelho, em 2019, a "Bandeira da Ética" no âmbito Plano Nacional para a Ética no Desporto (PNED).

Desde as suas origens, os sanjoanenses sempre demonstraram uma cultura desportiva vanguardista, com inúmeras histórias de sucesso e resultados excecionais alcançados ao longo do tempo, coletivamente e individualmente.

Esta característica dos sanjoanenses atribui à Câmara Municipal um papel de parceiro estratégico dos agentes desportivos existentes no município. Os equipamentos municipais destinados à  prática desportiva apresentam-se, em quase todos os casos, como os únicos espaços que os clubes possuem para a captação e formação de atletas e, de igual modo, como únicos locais para desenvolverem competição.

Também na organização de eventos, quer de caráter nacional e regional, quer de caráter internacional, a autarquia tem assumido a alavancagem desses mesmos, com recursos financeiros, humanos e logísticos, além da disponibilização dos referidos espaços desportivos.

No Complexo Desportivo Paulo Pinto, no Pavilhão das Travessas, no Campo de jogos das Travessas e no Centro de Formação Desportiva disputam-se, ao longo do ano, cerca de 1300 jogos de diferentes modalidades, resultando em 80.000 minutos de competição nestes equipamentos públicos.

A Câmara Municipal de S. João da Madeira assina também, anualmente, Contratos-Programa de Desenvolvimento Desportivo com as associações desportivas do município. Em 2020, o apoio financeiro e logístico aumenta face aos anos anteriores. O valor global transferido para os clubes da cidade obtém um incremento de 43 mil euros face a 2019, atingindo um total de 578.583,74 mil euros.

Este número é resultado da elevada dinâmica desportiva existente no município, colocando S. João da Madeira num patamar bastante superior em relação ao resto do país.

Ao todo, estão identificados 2.736 praticantes de desporto federado, com uma grande fatia deste número a pertencer à formação, com 1.946 jovens desportistas. E no que a atletas federados diz respeito, S. João da Madeira destaca-se no panorama português: 13% de praticantes federados, quando a média nacional é de 6%; e 63% de praticantes com idade inferior a 19 anos, enquanto o país tem uma média de 27%.

O investimento financeiro da autarquia sanjoanense no desporto também supera o que é praticado no resto do país. O valor médio nacional que os municípios investem no desporto, calculado por habitante, é de cerca de 28,30 €; em S. João da Madeira é de 66,73 €.

Destaca-se, ainda, para a época desportiva de 2020, algumas novidades em torno dos critérios que definem os apoios a atribuir a atletas e clubes. Foram incluídos na tabela de prémios as modalidades ginástica acrobática e dança desportiva; a conquista de taças distritais, nacionais e super-taças; o apuramento para competições europeias; e, nos prémios para campeões nacionais, aplica-se uma diferenciação de valores que terá em conta os escalões de formação.

Ainda no que diz respeito aos prémios de sucesso desportivo, determinou-se o valor de 2 mil euros para os atletas que conquistem o apuramento para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Estes números refletem a importância de S. João da Madeira como cidade de Desporto.

 

[Clique na imagem para descarreagar o programa desportivo completo para 2020]