Exposição “Turismo Industrial: A Indústria ao alcance de um clique”

Inaugurada a 24 de julho, esta exposição está patente de segunda a sexta-feira, na Torre da Oliva, até 11 de setembro, realizando-se no âmbito do Turismo Industrial de S. João da Madeira.

Interessados em indústria e em novas tendências têm uma oportunidade única com a exposição que está patente, de segunda a sexta-feira, na Torre da Oliva, em S. João da Madeira. Com o título “Turismo Industrial: A Indústria ao alcance de um clique”, esta mostra foi inaugurada a 24 de julho.
 
Patente ao público em geral até 11 de setembro, trata-se da primeira exposição interativa, móvel e em rede, organizada pelo Turismo Industrial de S. João da Madeira, apresentando um conjunto de peças exclusivas da antiga empresa Oliva e alguns processos de fabrico das empresas dos Circuitos pelo Património Industrial da cidade.
 
Aos visitantes é proporcionado um contacto inovador com a indústria sanjoanense, permitindo que a exposição seja complementada – recorrendo a tablets ou smartphones – com o acesso a conteúdos digitais, incluindo fotografias antigas e sons de outros tempos.
 
Espalhados estrategicamente por toda a exposição, diversos “QR Codes” – código otimizado para “leitura” por dispositivos móveis –, permitem o acesso a essa informação online adicional, dando a conhecer os sites de informação relativa à industria local, nomeadamente, os sites dos parceiros e outros de investigadores particulares, contribuindo assim para a divulgação e para a promoção dos Circuitos pelo Património Industrial de S. João da Madeira.
 
Património industrial como
fonte de dinamização turística
 

Com o seu Welcome Center instalado na Torre da Oliva, os Circuitos pelo Património Industrial de S. João da Madeira conjugam a recuperação e a preservação do espólio industrial da região e projetam o património como fonte de dinamização turística de uma forma coordenada e devidamente organizada.

A Viarco, única fábrica de lápis do país em laboração, a Helsar e a Evereste, do setor do calçado, a Cortadoria Nacional de Pelo e a Fepsa, da indústria da chapelaria, a Heliotêxtil, fábrica de etiquetas/passamanarias, são as empresas que integram este inovador projeto de turismo industrial.

Deste roteiro fazem ainda parte a Academia de Design e Calçado e o Centro Tecnológico do Calçado de Portugal, assim como o Museu da Chapelaria, único no género na Península Ibérica e um dos ex-libris do município de S. João da Madeira. 

cultura