Poesia à Mesa online alcança mais de 77 mil pessoas

Evento, organizado pelo Município de S. João da Madeira, ajustou-se ao contexto de pandemia, chegando ao público através da internet.

O Festival Poesia à Mesa, organizado pela Câmara Municipal de S. João da Madeira, ajustou-se às restrições impostas pelo combate à covid-19, com as atividades a decorrerem sem a presença de público, mas com transmissão online, entre 15 e 21 de março, Dia Mundial da Poesia.

Ao todo, os diferentes momentos do programa alcançaram mais de 77.000 pessoas através das páginas do Município e do evento nas redes sociais Facebook e Instagram, que levaram ao público – de várias zonas do país e também de outros pontos do mundo – atividades como a “Poesia da Fábrica”, com declamações por parte de trabalhadores fabris da cidade, e as “Curtas Poéticas”, com Paulo Condessa, comissário do festival juntamente com o poeta José Fanha.

O “Poetizando”, com o radialista Fernando Alves, e as “Vanguardas Poéticas”, com Ana Deus e o pianista João Paulo Esteves da Silva, integraram igualmente o programa deste ano, que incluiu também “clássicos” como “Peregrinação Poética”, este ano adaptado ao formato online e que contou, como é habitual, com o envolvimento de sete grupos da cidade.

Para o Dia Mundial da Poesia, 21 de Março, ficou reservado o “Serão Poético”, reconfigurado como “Matiné Poética”, que contou com a presença de Mafalda Veiga, uma das mais conceituadas cantautoras portuguesas, que só por si registou um alcance de mais de 12.000 pessoas nas redes sociais do Município de S. João da Madeira e do evento.

Para além da programação online, o Festival Poesia à Mesa de 2021 fica ainda pela inclusão da poesia na ementa das refeições takeaway servidas pelos restaurantes aderentes. Entre os materiais deste ano do festival, houve também máscaras covid-19 impressas com poemas.

Nesta sua 19.ª edição, o evento continuou a homenagear os seis poetas que estavam definidos para 2020, atendendo a que essa edição não foi concluída, devido à covid-19. Assim, estiveram em destaque, de 15 a 21 de março, palavras escritas por Andreia C. Faria, Fernando Assis Pacheco, Herberto Helder, Mafalda Veiga, Mário-Henrique Leiria e Soror Violante do Céu.

S. João da Madeira, 30 de março de 2021

município