Campanha de vacinação antirrábica de cães

Iniciativa decorre às quintas-feiras, das 16h00 às 18h00, na sala de vacinação do piso -1 do Mercado Municipal.

Começou nesta quinta-feira, 22 de abril, a Campanha Oficial de Vacinação Antirrábica (CVAR) e de controlo de outras zoonoses dos cães relativa ao ano de 2021, que é da responsabilidade da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), insere-se no Programa Nacional de Luta e Vigilância Epidemiológica da Raiva Animal e Outras Zoonoses.

Em S. João da Madeira, esta iniciativa decorre às quintas-feiras, entre as 16h00 e as 18h00, na sala de vacinação localizada no piso -1 do Mercado Municipal, em estrito cumprimento das medidas de prevenção e proteção preconizadas pela Direção Geral de Saúde, no âmbito da pandemia COVID-19.

Quem não tem possibilidade de levar os seus animais nos dias e horários referidos, poderá fazê-lo, em alternativa, a 29 de maio, um sábado, entre as 10h00 e as 12h00.   

As ações desta campanha destinam-se exclusivamente a cães com mais de três meses de idade, relativamente aos quais não se prove possuírem vacinação antirrábica válida.

O ato de identificação eletrónica (colocação de microchip e registo do sistema de identificação de animais de companhia – SIAC), é realizado quando os canídeos que se apresentam para vacinação antirrábica ainda não se encontram marcados com transponder e registados no SIAC.

Esta intervenção só pode ser efetuada quando em conjunto com a vacinação antirrábica no âmbito da CVAR 2021.

Para além dos documentos dos canídeos (caso existam), os respetivos detentores/titulares devem fazer-se acompanhar do Cartão de Cidadão ou, na sua ausência, do Bilhete de Identidade e Cartão de Contribuinte, para que seja emitido o respetivo recibo de cobrança das taxas a aplicar, nomeadamente:

• Vacinação antirrábica (taxa E) – € 10,00;

• Boletim Sanitário – € 1,00;

• Taxa de registo SIAC (sempre que haja necessidade de realizar a identificação eletrónica previamente ao ato de vacinação antirrábica) – € 2,50.

Para mais informações, os interessados devem consultar o Despacho n.º 1946/2021, de 22 de Fevereiro, da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), e respetivo Edital.

 

município