’’Do chapéu e do leque: função e simbolismo’’

São mais de 300 peças, incluindo chapéus, toucados e leques, usados em todo o mundo.

Pela primeira vez, as coleções do Museu da Chapelaria e do Museu Nacional do Traje reúnem-se numa exposição que foi inaugurada neste último equipamento cultural de Lisboa. São mais de 300 peças, incluindo chapéus, toucados e leques, usados em todo o mundo.

"Do chapéu e do leque: função e simbolismo" pode ser visitada nesses dois museus e na Loja de Lisboa-Capital Verde Europeia, até ao próximo mês de outubro, numa iniciativa que resulta de um protocolo assinado entre as duas autarquias.

Acompanhados pelo Vereador José Sá Fernandes, do Município de Lisboa, estiveram presentes na abertura da exposição no Museu Nacional do Traje o Presidente da Câmara de S. João da Madeira, Jorge Vultos Sequeira, a Presidente da Assembleia Municipal de S. João da Madeira, Clara Reis, bem como responsáveis de organismos culturais e diretores das instituições que organizaram e acolhem a exposição.

“Criados para servir como meio de proteção ou armas, utilizados como meio de comunicação e afirmação social, cobiçados como objetos de design ou verdadeiras obras de arte, o chapéu e o leque representam uma importante parte da diversidade cultural das sociedades do mundo”, como sublinham as entidades organizadoras da exposição.

(fotos: Armando da Silva Ribeiro / CML)

município