Dia da Higiene Oral e Dia da Água comemorados antecipadamente em S. João da Madeira

Iniciativas decorreram em diferentes estabelecimentos de ensino da cidade: escolas Oliveira Júnior, Serafim Leite e Centro de Educação Integral.

No âmbito do projeto Ecoescovinhas, uma organização da Câmara Municipal de S. João da Madeira e do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Entre Douro e Vouga, realizaram-se esta terça-feira, dia 15 de março, sessões que promoveram a higiene oral e o encaminhamento de escovas de dentes para reciclagem e produção de mobiliário urbano. O evento serviu para comemorar, antecipadamente, o Dia da Higiene Oral e o Dia Mundial da Água e foi dividido em três sessões, que decorreram nas escolas Oliveira Júnior, Serafim Leite e Centro de Educação Integral.

Este projeto contou com a participação de cerca de 500 crianças oriundas de 9 estabelecimentos de ensino, que já tiveram a possibilidade de terem participado numa das 21 sessões sobre higiene oral, onde aprenderam como efetuá-la corretamente e com que frequência deveriam trocar as escovas de dentes.

A grande novidade foi a aprendizagem no sentido da separação e reciclagem das escovas de dentes usadas. Fruto desta reciclagem hoje é possível transformar estes materiais em mobiliário urbano, como mesas de piquenique e bancos de jardim.

Presente na abertura do evento esteve o vereador da Câmara Municipal de S. João da Madeira Paulo Cavaleiro que falou a uma plateia de crianças de diversos jardins de infância da cidade, e que começou por agradecer a todos os parceiros que ajudaram neste projeto. “Lá fora está uma mesa que é fruto da reciclagem que vocês andaram a fazer com as escovas de dentes. Obrigado por participarem e por nos ajudarem em mais um projeto importante e de futuro”, afirmou o vereador, dirigindo-se às crianças presentes.

A iniciativa contou ainda com a presença da coordenadora nacional do projeto Ecoescovinhas, de um representante da Quercus, que falou da importância da poupança da água, nomeadamente na higiene oral, e de um responsável da empresa Extruplás, responsável pela receção e transformação das escovas em mobiliário urbano.

De uma forma divertida e bastante pedagógica, as crianças dos jardins-de-infância da cidade aprenderam estilos de vida saudáveis, a prevenção das doenças orais, a escovagem regular e eficaz, a troca regular de escovas de dentes, a contribuir para a redução da emissão dos gases de efeito estufa através da reciclagem dos plásticos mistos e a recolha seletiva da escova de dentes para posterior envio para a reciclagem e produção de mobiliário urbano.

município