Núcleo de intervenção junto de pessoas Sem-Abrigo

Câmara Municipal, Misericórdia e outras entidades formalizam protocolo que dará origem ao NPISA.

O Presidente da Câmara Municipal, Jorge Vultos Sequeira, o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira, José António Pais Vieira, e dirigentes de outras entidades formalizaram, esta quarta-feira, a constituição do Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo (NPISA) do concelho, que na prática, já funciona desde março de 2021.

Além da autarquia e da Misericórdia, à qual cabe a coordenação do NPISA, fazem parte deste núcleo concelhio as seguintes entidades: Associação de Jovens Ecos Urbanos, Centro Distrital do Instituto da Segurança Social, Centro Humanitário de S. João da Madeira da Cruz Vermelha, Instituto do Emprego e Formação Profissional, Centro de Respostas Integradas da ARS Norte, PSP de S. João da Madeira, Associação Pelo Prazer de Viver - Saúde, Cultura e Vida e Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

"Estamos a falar de pessoas profundamente vulneráveis”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal, Jorge Vultos Sequeira, na sua intervenção nesta sessão que decorreu no Salão Nobre da autarquia. Jorge Vultos Sequeira sublinhou que “são situações verdadeiramente dramáticas, que exigem uma resposta individualizada". Por isso, “é absolutamente necessário que, para cada uma destas pessoas, seja construído um plano de recuperação, de autonomização e é isso que tem sido trabalhado".

Em 13 das 48 situações que foram sendo alvo de intervenção ao longo do ano de 2021, as pessoas já se encontram a pagar autonomamente uma habitação ou um quarto de pensão. Outras duas foram alojadas em habitação social e quatro no apartamento de autonomização criado pela Câmara Municipal e pela Santa Casa da Misericórdia. Procedeu-se ainda ao acompanhamento ao nível da saúde, encaminhamento para Rendimento Social de Inserção e integração de algumas pessoas na família.

Entre as ajudas a que estas pessoas têm acesso, conta-se o programa de apoio a famílias da Câmara Municipal, os apoios da Segurança Social e de outras entidades com intervenção nesta área, assim como a cantina, o balneário e a lavandaria social disponibilizados pela Misericórdia, além de ajudas informais.

29 de dezembro de 2021

município