Município e Paróquia apresentaram atividades para peregrinos da JMJ

Cidade vai acolher cerca de 500 jovens peregrinos na última semana de julho.

S. João da Madeira vai receber, na última semana de julho, mais de 500 jovens participantes na Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A pensar nesses visitantes - a maioria dos quais oriundos de Espanha e França -, a Câmara Municipal e a Paróquia prepararam um conjunto de atividades, que passará pela Praça Luís Ribeiro, Parque do Rio Ul e museus. 

Esse programa foi apresentado publicamente esta semana no Salão Nobre do Fórum Municipal, numa sessão que registou as intervenções do padre Jorge Nunes, da Diocese do Porto, do pároco Álvaro Rocha e do presidente da Câmara Municipal, Jorge Vultos Sequeira, com o autarca a sublinhar que “as JMJ são um fenómeno excecional e único na história de Portugal”.

Nesse âmbito, S. João da Madeira recebe cerca 200 jovens de San Sebastian (Espanha), e sensivelmente outros tantos de Finistère (França). Ficam distribuídos pela Escola Oliveira Júnior e do Centro de Educação Integral. Há ainda uma centena, de diferentes proveniências, que terá alojamento em casa de famílias sanjoanenses.

O programa que lhes é dirigido em S. João da Madeira inclui cinema ao ar livre (26 de julho, às 21h30), um concerto multicultural com a Banda de Música e grupos convidados (27 de julho, às 21h30), a atuação dos DJs Tiago Gómez & Seu Rosa (28 de julho, às 21h30). Tudo isso na Praça Luís Ribeiro.

Para 30 de julho, das 10h00 às 19h00, está agendada a Festa da Família, a decorrer no Parque do Rio Ul, onde haverá ioga, missa campal, piquenique, jogos tradicionais e um concerto de Flaviana Borges. 

Está prevista igualmente a realização de visitas aos museus da Chapelaria e do Calçado, ao Centro de Arte Oliva e ao Turismo Industrial, assim como idas as piscinas municipais. 

Referindo que muitas das iniciativas são abertas ao público em geral, o presidente da Câmara destaca o “intercâmbio cultural” que resultará da presença no concelho destas centenas de jovens, que terão acesso a um programa “riquíssimo e diversificado”, que será, em grande medida, também “para toda a população”.

Julho 2023

município