Financiamento europeu para equipamentos sociais

A Câmara Municipal e três Instituições de solidariedade social de S. João da Madeira apresentaram publicamente investimentos que vão ser concretizados no concelho, com financiamento de fundos europeus.

São projetos desenvolvidos pela Santa Casa da Misericórdia, Cerci e Creche Albino Dias Fontes Garcia, que contam com comparticipação comunitária do Programa Operacional Norte 2020, cujo montante foi negociado e definido pelo Presidente da Câmara, Jorge Vultos Sequeira, no quadro da Área Metropolitana do Porto. 

Na sessão de apresentação que decorreu no auditório do Museu da Chapelaria, o autarca sanjoanense saudou as instituições por terem “apresentado as candidaturas atempadamente e as mesmas terem sido aprovadas”. E sublinhou que são entidades que dão todas as garantias de que “todos os cêntimos destes apoios vão ser bem utilizados”

No caso da Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira, trata-se de um financiamento europeu de cerca de 382 mil euros, para executar dois projetos: a qualificação do Lar S. Manuel, designadamente através da instalação de um sistema contra incêndios, e a melhoria da eficiência energética do complexo social principal da instituição, com a centralização das cozinhas. São intervenções com um custo global superior a meio milhão de euros.

A Cerci vai avançar com a remodelação e ampliação dos centros de atividades ocupacionais, melhorando acessibilidades e investindo na climatização e na ampliação de espaços. Esta intervenção está orçada em cerca de 313 mil euros, dos quais 222 mil, aproximadamente, são financiados pelo Norte 2020.

A Creche Albino Dias Fontes Garcia conta com uma comparticipação de perto de 83 mil euros ao nível da eficiência energética, de forma a financiar a requalificação do exterior do edifício do “Ninho da Criança”, que passará por intervenções nas paredes, nas coberturas e nas janelas, num montante global superior a 100 mil euros.

ação social

 

Mais imagens