S. João da Madeira aderiu à Hora do Planeta

Luzes de edifícios municipais foram apagadas entre as 20h30 e as 21h30 do dia 25 de março. Na Casa da Criatividade houve poesia e uma surpreendente sessão de Cycling, em que se pedalou para produzir energia.

A Câmara Municipal de S. João da Madeira aderiu à iniciativa “Hora do Planeta”, que decorreu a 25 de março, entre as 20h30 às 21h30. Assim, durante esses 60 minutos, as luzes interiores e exteriores de vários edifícios públicos da cidade estiveram desligadas, como aconteceu em diferentes pontos do planeta, numa organização da WWF (“World Wildlife Fund”, traduzido para português como “Fundo Mundial da Natureza”).

Esta ação ambientalmente sustentável de combate às alterações climáticas – a que os cidadãos também foram convidados a aderir – pretendeu estimular a consciência do mundo para esta problemática que se torna uma questão incontornável da atualidade.

Nesse sentido, no período em causa, estiveram apagadas as luzes do Fórum Municipal, Museu da Chapelaria, Paços da Cultura, Biblioteca Municipal, escolas do Concelho, Casa da Criatividade, Pavilhão das Travessas e Piscinas Municipais

No interior da Casa da Criatividade realizou-se uma surpreendente aula de cycling, em que a energia humana produzida pelo ato de pedalar se transformou em energia elétrica 100% verde.

Num momento de interação com a Campanha Poesia à Mesa, houve também duas performances poéticas apresentadas pelos grupos TOJ e Ecos Urbanos, dedicadas respetivamente ao poeta Joaquim Pessoa e ao poeta Egito Gonçalves.

ambiente