Conferência ’’Pensar Futuro’’ com a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade e a artista e ativista Selma Uamusse

Paços da Cultura | 11h00 | Entrada livre mediante levantamento prévio de bilhete na Torre da Oliva ou nos Paços da Cultura

“A Fronteira da Liberdade” é o mote da edição de 2021 deste ciclo de conferências promovido pela Câmara Municipal de S. João da Madeira

Em 2021, pretende-se que cada convidado (ou conjunto de convidados) do ciclo de conferências “Pensar Futuro” reflita sobre a liberdade, olhando-a como conceito limítrofe (fronteira) em cada uma das sessões. É o que vai acontecer já neste sábado, 26 de junho, nos Paços da Cultura de S. João da Madeira, com início às 11h00 da manhã e entrada gratuita.

Nesta sessão, Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, e a artista e ativista Selma Uamusse vão abordar questões relacionadas com o racismo e a xenofobia, focando os últimos acontecimentos nesta temática, à escala mundial e nacional, bem como o que tem vindo a ser feito nas comunidades e ao nível das políticas públicas, entre outras vertentes.

“#BlackLivesMatter -  Humano e Mundano, uma perspetiva distorcida e uma direção dispersa?” é o título da conferência que junta Rosa Monteiro e Selma Uamusse, dando continuidade ao ciclo Pensar Futuro, lançado pela Câmara Municipal de S. João da Madeira em 2018.

O objetivo trazer ao concelho um conjunto de pensadores, de diferentes áreas do conhecimento e de diferentes latitudes culturais, para refletir sobre o futuro e sobre aqueles que são os grandes movimentos de mudança e transformação.

Neste âmbito, já passaram pelos Paços da Cultura de S. João da Madeira oradores como o Padre Anselmo Borges, a especialista em Ambiente Júlias Seixas, o físico Carlos Fiolhais, o deputado Alexandre Quintanilha, o ambientalista Viriato Soromenho Marques, a eurodeputada Maria Manuel Leitão Marques, o médico Sobrinho Simões, o sociólogo João Teixeira Lopes, o vereador do Ambiente da Câmara de Lisboa, José Sá Fernandes, e a Presidente do Conselho Português para os Refugiados, Teresa Tito Morais.

município

 

Imagens do Evento