Atletismo para crianças e jovens dos bairros distinguido a nível nacional

Projeto dos Serviços Sociais do Município de S. João da Madeira foi destacado pelo seu alto potencial em inovação e empreendedoriso social, numa cerimónia realizada na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, no dia 21 de janeiro.

Os Serviços Sociais do Pessoal do Município de S. João da Madeira, em estreita articulação com a Câmara Municipal e sob o impulso do funcionário da autarquia Alberto Batista, têm desenvolvido um importante trabalho de inserção social através do desporto, com particular incidência nas zonas de habitação social do município. Este projeto foi um dos distinguidos nesta quarta-feira como iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social (ES+).

A cerimónia decorreu na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, inserindo-se no projeto MIES (Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social), desenvolvido pelo IES – Social Business School e pelo Instituto Padre António Vieira. O objetivo é contribuir para o crescimento e competitividade de um novo mercado de inovação e empreendedorismo social nacional.
 
De acordo com as entidades promotoras, pretende dar-se particular atenção à comunicação e partilha das iniciativas distinguidas, através de um mapa interativo, da produção de vídeos, da edição de um livro e da organização de eventos nacionais e internacionais.
 
Para tal, o MIES conta com o envolvimento e financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação EDP e do Programa Operacional de Competitividade - Compete. O projeto tem ainda como parceiros nacionais o IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P. e a RHmais, além dos parceiros internacionais SIX - Social Innovation Exchange e o Euclid Network.
 
A distinção atribuída aos Serviços Sociais do Pessoal do Município de S. João da Madeira resulta da análise realizada por cinco especialistas académicos com experiência internacional na área da Inovação e Empreendedorismo Social. Este Conselho Académico e Científico avaliou várias centenas de iniciativas no Alentejo, no Norte e no Centro do país, tendo aprovado cerca de 120.

desporto