Câmara Municipal lança livro sobre Festival de Teatro

“Este livro foi lançado para dar força ao festival, para dar força ao teatro, para dar força à educação”, realçou o presidente da autarquia, na sessão de apresentação da obra.

No último sábado, 27 de março, Dia Mundial do Teatro, a Câmara Municipal de S. João da Madeira lançou uma monografia comemorativa do Festival de Teatro da cidade, abordando a história do evento desde a sua primeira edição, contando como nasceu e como tem crescido ao longo dos anos.

“Este livro foi lançado para dar força ao festival, para dar força ao teatro, para dar força à educação”, realçou o presidente da autarquia, na sessão de apresentação da obra, transmitida pelas redes sociais do município a partir da Casa da Criatividade. Jorge Vultos Sequeira remetia, assim, para o lema que tem estado desde a primeira hora associado ao evento: “Pelo teatro se faz educação”.

Manifestando o desejo de que esta iniciativa cultural se torne “numa referência indestrutível na vida cultural da nossa cidade e do nosso país”, o Presidente da Câmara salientou que o livro conta com uma nota introdutória da Ministra da Cultura, “homenageando o festival” e dando a tónica para 360 páginas que incluem testemunhos de encenadores e atores, fotografias, sinopses das peças e a imagem gráfica do evento em cada um dos anos, para além de outros conteúdos.

Na génese do evento, cuja primeira edição é de 2007, está o “Espaço Aberto”, projeto cultural constituído por professoras da Escola Secundária Dr. Serafim Leite, a quem o autarca agradeceu o papel determinante na origem e desenvolvimento do festival. Um processo que foi referido de viva voz por Elza Paiva, uma das docentes envolvidas, e por Anabela Brandão, diretora daquele estabelecimento de ensino sanjoanense.

Partindo da Escola Serafim Leite, em parceria com a Câmara Municipal, o evento acabou por registar a participação generalizada da comunidade educativa e chegou também ao movimento associativo e às empresas, atraindo milhares espetadores, ano após ano.

A cada edição grupos locais e nomes consagrados das artes de palco têm feito parte deste festival de teatro, promovendo a cidade no panorama cultural da região e do país e mostrando que cada edição é um desafio que se impõe, possibilitando a educação e o desenvolvimento pessoal e social através do teatro e das artes performativas”.

A sessão de lançamento do livro abriu com uma performance da atriz Suzana Borges, numa atuação que foi dedicada ao Festival de Teatro de S. João da Madeira.

S. João da Madeira, 2 de abril de 2021

município

 

Mais imagens